alimentos saudáveis
MADE

Saiba como a alimentação e a longevidade estão correlacionadas

Você sabia que o que comemos pode influenciar na expectativa de vida? Isso mesmo!

Estudos recentes demonstram que a hiperglicemia, fator de risco para diversas doenças, também pode diminuir o tempo de vida. Isso ocorre porque a glicose aumentada reage com várias moléculas do organismo, ligando-se a elas e transformando-se em moléculas com funções alteradas, causando disfunções orgânicas e com isso reduzindo a expectativa de vida.

Para evitar o alto teor de açúcar no sangue, é necessário associar atividade física a uma alimentação variada, rica em produtos in natura e reduzida em alimentos processados e ultra processados.

E como estamos falando em viver mais e de forma melhor, vamos mencionar aqui alguns alimentos considerados essenciais para a longevidade.  São eles:

Uva: rica em vitamina C, antioxidantes e flavonoides. Atua no rejuvenescimento celular, protegendo o organismo contra os radicais livres. Previne o desenvolvimento de obesidade e diabetes tipo 2. Possui ação anti-inflamatória e atua na prevenção do câncer.

Abacate: contém grande variedade de vitaminas e minerais, entre elas vitaminas do complexo B, vitaminas A, C, E, K. Contém ômega 9, ômega 6 e ômega 3, gorduras saudáveis que atuam na redução do LDL (colesterol ruim) e aumento do HDL (colesterol bom). Além disso, ainda possuem aminoácidos essenciais, fundamentais para o funcionamento normal do organismo.

Azeite extra virgem: teor alto de ácido oléico, gordura monoinsaturada rica em vitaminas A, D, E e K que atuam como antioxidantes. Seu uso regular reduz o risco de doenças cardiovasculares.

Peixes: ricos em ácidos graxos poli-insaturados, principalmente ômega 3, benéfico para o sistema cardiovascular. Contêm muitas vitaminas e minerais tendo ação antioxidante. Os mais conhecidos são salmão, atum, sardinha, truta, anchova.

Alho: possui propriedade antisséptica, antifúngica e antimicrobiana. Melhora a resposta imune e anti-inflamatória do organismo, contendo propriedades antioxidantes. Auxilia na manutenção da pressão arterial e atua na redução do LDL.

Mel: propriedades antioxidantes e probióticas, melhora o funcionamento intestinal e atua na redução do LDL, protegendo contra doenças cardiovasculares. Excelente fonte de energia. Regula a produção de serotonina, hormônio responsável pela sensação de prazer e bem estar. Considerado excelente hidratante para a pele.

Leite: fonte de cálcio e proteínas. Muito importante na formação óssea e na manutenção da massa muscular. Previne problemas de osteoporose em mulheres. Contém vitamina A, D, E e K, presentes na gordura do leite. Melhora o funcionamento do sistema nervoso e atua na regulação da pressão arterial.

Soja: rico em vitamina A, E, e algumas do complexo B. Auxilia na conservação dos epitélios celulares, possui efeito antioxidante, combatendo os radicais livres. Possui efeitos protetores para alguns tipos de câncer e ainda atua no alívio de sintomas da menopausa.

Oleaginosas: são as castanhas, nozes, amêndoas e avelãs. Ricas em vitaminas, com propriedades antioxidantes. Contêm proteínas, aminoácidos, vitaminas do complexo B, ácidos graxos mono e poli-insaturados e fibras. Atuam combatendo radicais livres, reduzem LDL e aumentam o HDL. Combate o envelhecimento celular e reduz o risco de doenças como Alzheimer e Parkinson. Também atuam na redução do risco de hipertensão e diabetes.

Esses são alguns dos alimentos importantes para incluirmos em nosso cardápio e assim contribuirmos para uma vida longa e saudável.

Afinal, já que envelhecer faz parte do processo natural da vida, então que seja com muita saúde e bem estar!

Para maiores informações consulte um nutricionista.

 

*Escrito pela nossa parceira nutricionista Juliana Pereira

Compartilhe nas suas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial