MADE

Saiba a melhor maneira de evitar o consumo de gordura trans na alimentação

Muitos já devem ter ouvido falar que a gordura trans faz mal à saúde. Mas o que é a gordura trans? Quais os alimentos que possuem esse tipo de gordura? Como evitá-la? Continue a leitura e saiba como cuidar melhor da sua alimentação!

A gordura trans é um tipo de gordura insaturada pouco comum na natureza, presente em pequenas quantidades em alguns alimentos in natura como carne e leite, mas muito comum em alimentos industrializados, principalmente nos ultraprocessados. Essa gordura é um tipo de gordura vegetal que passa pelo processo de hidrogenação natural ou industrial. Sua presença nos alimentos tem a finalidade de melhorar a textura e prolongar seu prazo de validade.

Esse tipo de gordura quando presente no organismo humano, como demonstram estudos científicos, elevam o risco de obstruir artérias e elevar o colesterol total, aumentando o LDL (“colesterol ruim”) e reduzindo o HDL (“colesterol bom”); e ainda aumentam o risco de complicações cardíacas como infartos e derrames.

A Organização Mundial da Saúde inclui a eliminação do consumo de gordura trans industrial como uma das metas de estratégia global para Promoção da Alimentação Saudável, Atividade Física e Saúde, desde 2004.

Muitos alimentos reduziram a porcentagem de gordura trans em sua composição, mas no Brasil, essa gordura não foi totalmente abolida das fórmulas dos alimentos. É necessária muita atenção, pois a gordura trans pode receber variadas denominações como: gordura vegetal hidrogenada, gordura vegetal parcialmente hidrogenada e/ou interesterificada, óleo vegetal hidrogenado, óleo vegetal parcialmente hidrogenado, óleo hidrogenado.

Então uma dica valiosa para diminuir o consumo desse tipo de gordura é sempre ler os rótulos dos produtos e sempre desconfiar se o termo for mais simplificado como “gordura ou creme vegetal”.

Alguns alimentos ricos em gordura trans são: sorvetes industrializados, salgadinhos chips, batata frita, pastéis, bolos industrializados, margarinas, biscoitos recheados, entre outros.

A melhor maneira de reduzir o consumo dessa gordura tão prejudicial à saúde é optar por alimentos in natura ou minimamente processados, como é o caso de frutas, legumes e verduras.

Outra estratégia muito positiva é cozinhar mais. Dessa forma você estará ciente de todos os ingredientes que está sendo utilizado nas preparações.

Mas se o seu caso for falta de tempo para cozinhar ou mesmo habilidade para isso, não tem problema! Priorize fazer suas refeições em lugares que ofereça comida fresca a base de alimentos in natura, feitos na hora.

Dessa maneira, você terá certeza de estar ingerindo uma alimentação reduzida em alimentos ultraprocessados e consequentemente, com quantidade menor de gordura trans.

Então, que tal trocar o bolinho ultraprocessado e o suco artificial do lanche da tarde por um sanduíche natural e um suco fresquinho?

Gostou da ideia? Então passe na MADE, lá você encontra pratos frescos e saudáveis, preparados na hora com muito carinho para você!!

Compartilhe nas suas redes sociais:

Um comentário

  • Murilo

    adotar uma alimentação mais saudável estamos não só mantendo a forma mas sim ajudando o nosso corpo a suprir todas as vitaminas necessárias para seu bom funcionamento vale a pena investir na alimentação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial