azeite
MADE

Saiba mais sobre diferentes tipos de óleos e seu uso na culinária

Você já se perguntou ou leu alguma vez sobre qual o melhor tipo de óleo para ser utilizado na cozinha?

Se sua resposta for sim, provavelmente ainda deve restar alguma dúvida em relação a esse assunto, visto que temos uma variedade cada vez maior de óleos que são utilizados na culinária.

Todos esses óleos são classificados dentro do grupo das gorduras, possuindo valor calórico semelhante, porém com características nutricionais bem diferentes entre eles.

Se ainda restam dúvidas em relação a qual óleo é “mais saudável”, preste atenção, pois, a seguir, vamos apresentar os diferentes tipos, bem como algumas de suas características nutricionais. Confira!

  • ÓLEO DE SOJA

É o tipo de óleo mais utilizado na cozinha atualmente. Possui fontes de ácidos graxos essenciais, principalmente ômega 6, ômega 9 e ômega 3. Também possui fonte de vitaminas lipossolúveis como vitamina A e E.

Segundo alguns especialistas, esse óleo é o mais saudável devido ao equilíbrio entre os ômegas 3 e 6. Sem esse equilíbrio, essas substâncias seriam danosas ao organismo, levando a um processo inflamatório.

A soja possui fitoesterois, que atuam na redução do colesterol LDL (mau colesterol), não influenciando nos níveis do colesterol HDL (bom colesterol). Reduz também o risco de doenças cardiovasculares e possui sabor neutro, sendo recomendado por alguns especialistas para ser utilizado em frituras.

  • ÓLEO DE MILHO

Considerado de bom valor nutricional e de sabor suave, pois contém aproximadamente 60% de gorduras poli-insaturadas, além de compostos antioxidantes como vitamina E, do complexo B, além de fosfolipídios, glicolipídios e carotenoides.

Não indicado para ser utilizado em frituras, pois quando aquecidos a altas temperaturas, formam compostos chamados aldeídos e peróxidos de lipídio, e quando ingeridos, estão associados a um risco de doenças cardiovasculares e câncer.

  • ÓLEO DE GIRASSOL

Entre os óleos vegetais, o de girassol é o que contém maior porcentagem de gorduras poli-insaturadas, sendo relacionado com a melhora nos níveis de colesterol total, LDL, triglicerídeos.

Também é fonte de vitamina E, tendo ação antioxidante e sabor neutro. Assim como o óleo de milho, não é indicado seu uso em frituras, pois também forma compostos prejudiciais à saúde.

  • ÓLEO DE CANOLA

Esse óleo atende as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS), pois possui baixos teores de gorduras saturadas, teores intermediários de poli-insaturadas e grande quantidade de ácido oleico, contribuindo para reduzir níveis de LDL e aumentar os níveis de HDL.

Possui sabor neutro, sendo indicado para ser utilizado em várias preparações culinárias.

  • ÓLEO DE COCO

Muito popular atualmente por ser utilizado em dietas para emagrecimento, sendo recomendado por profissionais da área da saúde.

Seus benefícios são muito controversos, pois é considerado importante fonte natural de gorduras saturadas, elevando tanto o HDL colesterol quanto LDL colesterol.

É muito utilizado na indústria de cosméticos, mas seu uso na culinária não é indicado em grandes proporções, pois segundo especialista pode desencadear um processo inflamatório, sendo muito prejudicial ao organismo.

  • AZEITE DE OLIVA

Possui grande quantidade de ômega 6 e ômega 9, além de atividade antioxidante devido à presença de compostos bioativos. Atua na prevenção de doenças cardiovasculares, processos inflamatórios e doenças crônicas.

Devido ao seu sabor e aroma, é utilizado em diversas receitas.

Gostou das nossas dicas de hoje? Então compartilhe com seus amigos e familiares.

 

*Escrito pela nossa nutricionista parceira Juliana Pereira –CRN 18664

Compartilhe nas suas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial