MADE

Chocolate: Mocinho ou Vilão?

A todo momento somos impactados com matérias sobre chocolate, algumas enfatizam os seus benefícios e outras destacam os prejuízos do seu consumo. Mas afinal, podemos considera-lo um mocinho ou vilão para a nossa saúde?

Há quem diga que não consegue ficar ao menos um dia sem consumir chocolate; outros consomem esporadicamente, porém quando comem não são em pequenas quantidades, e sim uma barra inteira.

O consumo excessivo do chocolate pode realmente trazer prejuízos ao organismo, principalmente se o chocolate for do tipo ao leite ou branco, pois ambos contem alta quantidade de gordura em sua composição, o que aumenta o teor calórico. Para quem possui complicações no fígado, diabetes, obesidade e câncer ele é considerado um vilão, pois contribui para o agravamento dessas complicações.

“Ah, mas eu consumo o chocolate diet, não tem problema”. É aí que você se engana! O chocolate diet é inseto de açúcar, porém apresenta maior teor de gordura, tornando-o mais calórico do que o convencional.

Você pode estar pensando: “então chocolate é realmente vilão!” Fica calmo, que não é bem assim. Pesquisas apontam que os primeiros indícios dos efeitos terapêuticos do cacau foram encontrados há muitos anos, com os indígenas. Esse povo consumia grande quantidade de cacau diariamente e apresentavam menores taxas de mortalidade causadas por doenças cardiovasculares, quando comparadas a outros povos da época.

Para conseguir desfrutar dos benefícios do chocolate é indicado o consumo de produtos com alto teor de cacau, entre 70% e 90%. Por dia é possível ingerir entre 25 a 30 gramas desse tipo de chocolate. Ele é considerado um alimento funcional, devido à presença de compostos antioxidantes. Também ajuda a reduzir o colesterol ruim (LDL colesterol), atua na diminuição da pressão sanguínea, protege contra doenças cardíacas e previne o envelhecimento precoce da pele.

Além disso, o consumo do chocolate libera endorfina e serotonina no organismo, promovendo sensação de bem-estar e reduzindo a ansiedade, aumentando a libido e diminui os sintomas provocados pela tensão pré-menstrual (TPM).

 

E aí, gostou das nossas dicas sobre o consumo do chocolate? Fique ligadinho no nosso blog para conferir muito mais! (:

*Escrito pela nossa nutricionista parceira Juliana Pereira (CRN 18664)

Compartilhe nas suas redes sociais:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial